A importância do comportamento do consumidor para o planejamento estratégico

comportamendo-do-consumidor1

qui na Autem a gente costuma dizer que não dá para decolar sem antes conhecer o universo que se vai percorrer, e isso quer dizer que você deve estar preparado para o caminho que vai seguir se quer fazer uma viagem tranquila. Essa etapa – a da decolagem do negócio – deve ser feita com cautela, pois existem diversos fatores que definem seu sucesso (ou fracasso), como a situação do mercado, potencial do empreendimento, pesquisas, estratégias bem elaboradas e, principalmente, o comportamento do consumidor. Afinal, é para eles que a empresa quer oferecer um voo satisfatório e tranquilo.

Mas o que é?

O comportamento do consumidor nada mais é do que a influência da maneira como as pessoas reagem e se relacionam com o mundo ao redor delas na hora de adquirir produtos e serviços. Se os consumidores de uma padaria estão começando a preferir produtos mais saudáveis, é obrigação dela saber disso se sua intenção é aproveitar novas oportunidades e não se prejudicar. Estar por dentro do comportamento dos consumidores é sinônimo de estar atento às reações e tomadas de decisões que influenciam no momento da compra.

Na prática, esse conhecimento sobre o consumidor pode trazer vantagens para os negócios. A padaria que citamos anteriormente, trabalhando com pesquisa, identificaria que o comportamento de seus clientes está mudando e tiraria proveito disso. Assim, ela pode adaptar-se (oferecendo produtos integrais e com mais ingredientes naturais) para continuar satisfazendo-os e evitar oferecer produtos que seus públicos possivelmente passariam a rejeitar.

Mas a maneira de agir e pensar dessas pessoas não é importante apenas por uma questão de vendas. Ter uma boa noção de como os seus públicos se comportam é essencial também para conseguir planejar estratégias e ações certeiras – isso porque a melhor maneira de fazer com que o consumidor responda positivamente à uma marca é incentivando-o através de uma comunicação eficiente. É bem mais produtivo conversar com alguém que você já conhece os gostos e preferências, não é?

Quando uma empresa consegue se antecipar e compreender bem o comportamento do consumidor, fica muito mais fácil se comunicar com eles, tanto como elaborar ações, tornar a marca atrativa, criar estratégias eficientes, chamar a atenção deles e até mesmo criar um relacionamento agradável entre organização e seus públicos. Benefícios como esses facilitam a identificação de como o marketing de uma empresa deve agir.

Se os consumidores da padaria, além de preferirem produtos feito com grãos naturais, passassem a abominar os produtos não integrais, a empresa não deve promovê-los e criar uma campanha voltada para eles. Entender o que o público interpreta sobre as ações dessa padaria seria crucial para facilitar a sua atuação no mercado e, consequentemente, evitar erros para ficar mais próxima do bom retorno de seus investimentos.

E se você acha que uma empresa deve agir com suposições e convicções para utilizar os conceitos do comportamento dos consumidores na hora de trabalhar seu marketing, está redondamente enganado. Conhecer o que se passa na cabeça das pessoas é um processo complexo, mas não impossível, e extremamente importante para qualquer tipo de negócio. Ele requer muita atenção, observação e, principalmente, pesquisa – muita pesquisa!

A pesquisa é a primeira etapa da atuação da Autem. Aqui, as informações recolhidas são concretas e realmente contribuem na hora de planejar a decolagem do seu negócio. Antes de começar qualquer trabalho, buscaremos o maior número de informações possíveis sobre a sua empresa, o seu segmento, o cenário no qual a sua marca está inserida e outras inúmeras variáveis que possam implicar em alguma interferência para o seu negócio – sejam elas positivas ou negativas. Para conhecer melhor os nossos processos e etapas de trabalho, confira o nosso site.

Leave a Comment