Aspectos legais da Pesquisa com os Beneficiários dos planos de saúde: a empresa de marketing e a auditoria

marketing 0.20

Nas duas últimas semanas já falamos por alto da necessidade da Pesquisa dos Planos de Saúde e da importância de a mesma ser realizada por profissionais especializados. Hoje vamos falar de forma um pouco mais objetiva sobre esses aspectos legais que a tangem.

Bem, a pesquisa tem como objetivo aumentar a participação dos beneficiários na avaliação de qualidade dos serviços oferecidos pelas seguradoras de saúde. Os resultados devem, então, apresentar um conteúdo que sirva para aprimorar as ações dos planos, além de trazer subsídios para ações regulatórias por parte da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A pesquisa é voluntária, mas para que os planos de saúde obtenham a pontuação base de 0,25 no Índice de Dimensão de Sustentabilidade de Mercado (IDSM), deverão realiza-la dentro dos requisitos mínimos e das normas estabelecidas pela ANS.

A pesquisa deve contar com um responsável legal (por parte da própria empresa) e um responsável técnico, que deve ter formação nas áreas de marketing ou estatística e estar legalmente habilitado com registro profissional no Conselho Regional de Estatísticas. Esse profissional então deverá responder por todos os aspectos de planejamento amostral da pesquisa, entre outros itens que constam na regulamentação.

Depois de realizada, a pesquisa deverá ser computada e auditada por um profissional completamente independente destes dois responsáveis legais anteriormente citados e, então, ter seus resultados publicados.

Leave a Comment