Como lidar com os clientes?

marketing 0.37

Depois de conversarmos sobre a importância de ser o primeiro e um pouco sobre a criação da identidade da marca, finalmente (mas de forma nenhuma menos importante) chegou a hora de falarmos sobre os clientes. Como são? Onde vivem? Do que se alimentam? Como administrá-los?

Ficou claro quando falamos sobre os outros tópicos citados que para a criação da identidade de uma empresa é necessário o estabelecimento de seu público alvo, ou seja, a definição de que clientes vamos atender e para que nicho iremos dirigir nossa comunicação. Após termos essas definições traçadas, é hora de entender como administrá-los, hora de falar sobre o marketing de relacionamento com o cliente.

Segundo Merlin Stone na coleção Biblioteca de Gestão, não existe a maneira ideal de administrar um cliente – e isso pode parecer desesperador, mas o marketing está aqui justamente para te ajudar nisso, e agora vamos falar sobre algumas das formas mais indicadas, ainda de acordo com Stone.

– Um a Um: Nesse caso o marketing é direcionado e ativamente ajustado a cada indivíduo, com base nas informações que ele mesmo ofereceu através de seu perfil e de seu contato. É sempre bom agir com cautela, porque não é todo cliente que gosta desse tipo de abordagem.  Esse princípio geralmente funciona com grandes clientes, cujo valor justifica o alto grau de personalização.

 Marketing Transparente: Muitos clientes preferem eles próprios administrarem sua relação com os vendedores, e não o contrário, mas isso nem sempre é permitido e, portanto, quando é possível, por exemplo por meio da internet e/ou de call centers o cliente costuma reagir bastante positivamente.

– Marketing de relacionamento com o cliente por meio de ofertas segmentadas: Essa modalidade ainda é utilizada pela maioria das empresas, e embora muitas delas progridam mais devagar do que gostariam, muitas conseguem ganhos sólidos por meio dessa abordagem, que reconhece que o relacionamento é apenas uma parte de toda a ação de marketing e que, portanto, existem muitas situações em que outros elementos são ainda mais importantes ao sucesso.

– Comunicação e targeting personalizados: Essa prática envolve o bom uso dos dados do cliente e consiste em selecionar campanhas e adequar embalagens para criar um marketing personalizado. Ela pode gerar resposta rápida, converter-se em vendas e ainda minimizar custos de comunicação.

– Atendimento Excepcional: Neste caso, a liderança é conquistada através da oferta de uma excelente tratamento e administração do cliente, antes, durante e após a venda, sendo que o padrão é oferecido para todo o público alvo e não apenas para clientes selecionados.

Pensa que acabou? Ainda faltam algumas modalidades, mas como o texto já está muito grande, falaremos sobre elas no nosso próximo encontro, semana que vem!

Leave a Comment